Conheça Sobre os Diferentes Tipos de Câmeras Digitais e Escolha a Sua

Tempo de leitura: 5 minutos

Existe ainda uma certa confusão quando o assunto são câmeras fotográficas.

Qual câmera devo comprar?

Superzoom é uma câmera profissional?

Vamos falar sobre os tipos de câmeras para facilitar sua vida na hora de comprar a sua Câmera Fotográfica.

Câmeras DSLR

Como já citamos em outro post, esse tipo de câmera fotográfica possui um espelho central, que reflete a luz que entra através da lente, enviando essa imagem para o view finder (aquele lugar onde olhamos para fotografar).

 As câmeras DSLR são consideradas profissionais devido a grande possibilidade de ajustes manuais, como ISO, foco, distância e exposição.

Outra característica marcante deste tipo de câmera são as lentes intercambiáveis.

Essa possibilidade, inexistente nas câmeras semi-profissionais, faz muita diferença na hora de conseguir imagens com qualidade superior, pois a troca de lentes proporciona mais opções de enquadramento, profundidade, lentes mais abertas ou mais fechadas.

Claro que, se você quer apenas tirar fotos por curiosidade, ou das festas da família, não é necessário desembolsar uma boa quantia de dinheiro numa máquina profissional.

Essas câmeras possuem um valor elevado, sendo um investimento mais adequado à quem realmente deseja se profissionalizar no ramo.

Câmeras de Ação

Chegar onde uma câmera comum não conseguiria.

Esse é o grande diferencial de uma Action Cam.

Seu tamanho reduzido proporciona que você se aproxime de situações onde, com uma câmera convencional, seria difícil, e até arriscado, essa aproximação.

Passeios entre amigos e família e outros eventos que não necessitem de um equipamento profissional também são uma boa opção para utilizar sua Action Cam.

Seu uso está associado a situações extremas, como escaladas, mergulhos, esportes e outras situações de contato.

No quesito qualidade de imagem, é preciso ficar atento. Em ambientes mal iluminados o resultado pode ser cheio de ruídos, já que esse tipo de câmera utiliza o máximo da capacidade do seu sensor.

Outro ponto de atenção é a captura de áudio.

Alguns poucos modelos conseguem fazer essa captura num volume bom.

Situações de filmagem em velocidade, ou mergulhos, podem apresentar ruídos bem incomodos.

Os fabricantes mais conhecidos são a Sony e a Contour, porém seus preços ainda não são muito acessíveis.

No Brasil, como em diversos outros casos, é difícil encontrar bons modelos com preços acessíveis.

Existem outras opções, de marcas menos conhecidas, com preços muito atraentes.

Nestes casos, é preciso ficar atento principalmente ao suporte.

É muito provável que, em algum momento, sua câmera precise de algum reparo.

Câmeras Digitais Compactas

Também conhecidas como Câmeras de Bolso, esse tipo de câmera é mais utilizado por quem não tem muitas aspirações com a fotografia.

Apesar de ser o tipo de câmera mais vendido, devido ao baixo custo, essa câmera oferece poucas possibilidades de ajustes e configurações.

Seu funcionamento é bem simples, onde uma lente fixa manda as imagens diretamente para um sensor eletrônico.

Os pontos positivos dessa categoria de câmeras são a facilidade no transporte, já que realmente cabem no bolso, e também a facilidade de operação.

Qualquer pessoa, mesmo sem nenhum conhecimento sobre fotografia é capaz de tirar fotos com essas câmeras fotográficas.

Superzoom

As câmeras Superzoom são famosas por serem ótimas para fazer a transição, entre as câmeras compactas e as DSLR. Modelos potentes, com boa resolução e ótimo zoom, podem ser encontrados por valores atraentes.

Seu formato permite explorar muitos recursos, mesmo contando com limitações de abertura, lentes fixas e pequenos sensores. É possível utilizar adaptadores para outros tipos de lentes, mas esses adaptadores sempre acabam perdendo em qualidade.

Outro fator que, graças a seu “jeitão de profissional”, pode atrapalhar um pouco é o seu tamanho. Mesmo menores que as DSLR, ainda assim podem atrapalhar, caso você ainda não esteja acostumado a carregar equipamentos.

Mirrorless

Diversos profissionais afirmam que as câmeras Mirrorless vão substituir as DSLR como câmeras profissionais.

Como o próprio nome já diz (sem espelho), esse tipo de câmera fotográfica não possui espelhos na parte interna, como as DSLR.

Por si só, essa diferença já reduziu consideravelmente o seu tamanho, o que acabou tornando-se uma grande vantagem em relação às câmeras profissionais.

Diferentemente da câmera DSLR, onde o espelho é usado para refletir a luz, que entra pela lente, para o visor ótico (view finder), na Mirrorless a luz vai diretamente para o sensor.

Dessa forma, a imagem só pode ser vista pelo visor LCD.

Em modelos mais avançados é encontrado o visor EVF (eletronic view finder). A diferença para o visor ótico é que este é feito de cristal líquido embutido na câmera.

A ausência do espelho, além de diminuir seu tamanho, oferece imagens mais nítidas, com menos ruídos, mais fiéis ao observado pelo fotógrafo.

Além de serem menores que as DSLR, outra característica importante é que as Mirrorless possuem lentes intercambiáveis.

Assim como nas câmeras profissionais, é possível trocar as lentes da câmera sempre que necessário, garantindo a mesma flexibilidade para atender segmentos diferentes.

Pode-se dizer que as Mirrorless são um híbrido onde encontramos, de um lado, a praticidade de uma câmera compacta, e do outro as funcionalidades das câmeras profissionais.

A principal desvantagem da Mirrorless ainda são os altos preços.

Você vai encontrar modelos com preços por volta de R$1.500

Agora que você já sabe diferenciar cada tipo de câmera fotográfica, qual sua preferida?

Gostou desse post? Curta nossa página e compartilha com os amigos! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *